top of page

8 hábitos e rotinas positivas para o cão ser calmo e obediente

Os hábitos e rotinas devem fazer parte da vida do cão, pois os cães são animais que gostam de fazer as suas rotinas habituais, às horas do costume. No entanto, existem alguns hábitos e rotinas positivas para o cão que o fazem ser calmo e obediente.


Saiba quais são esses hábitos para dar o melhor ao seu cão.

1. FAZER PASSEIOS DIÁRIOS

Fazer passeios diários com o seu cão é um dos hábitos e rotinas positivas do cão que o fazem ser calmo e obediente. Os passeios vão ajudar o seu cão a desgastar a energia acumulada ao longo do dia, especialmente se ficam sozinhos em casa sem atenção.

Os passeios também são um tempo em que o cão pode simplesmente desfrutar da companhia do seu tutor, por quem tanto esperou todo o dia em casa, e apanhar ar fresco, o que faz parte da sua natureza.

Um cão adulto deve passear em média cerca de 3 a 4 vezes por dia, sendo que os passeios devem ter uma duração de entre 20 a 30 minutos, para garantir que o cão vai fazer as suas necessidades e desgastar a sua energia.

Os passeios devem ser feitos sempre dentro dos mesmos horários, especialmente no início quando esta a ensinar ao seu cão que deve fazer as suas necessidades lá fora.

Acontece que saindo da sua rotina, os cães podem ficar ansiosos, e o “não saber” quando irá passear pode fazer com que urine e defeque dentro de casa.

É difícil manter os horários exatos, no entanto, deve tentar ao máximo manter os passeios em diferentes partes do dia, como por exemplo, de manhã, na hora de almoço, tarde e noite.


2. TER EM ATENÇÃO A HORA DA ALIMENTAÇÃO


A rotina da alimentação é igualmente importante para que o cão se mantenha calmo. Os cães devem comer uma ou duas vezes por dia na idade adulta.

Assim, o ideal será oferecer comida ao seu cão sempre à mesma hora, por exemplo sempre de manhã, sempre à noite, ou de manhã e à noite. O importante é manter sempre a rotina.


3. LOCAL DA ALIMENTAÇÃO


O local da alimentação é também importante, uma vez que mudando o alimento de lugar o animal pode não o aceitar ou ficar ansioso.

Mudar as gamelas ou a forma de oferecer a comida pode também ser um motivo de stress.

4. TIPO DE ALIMENTO

Para que o animal seja saudável, a sua alimentação deve ser especifica para a sua espécie e ter em consideração vários fatores e caraterísticas individuais, como por exemplo se é ou não castrado.