top of page

QUE PEIXES POSSO COLOCAR NO MESMO AQUÁRIO?


Sabemos que um aquário poderá ser um belo complemento para a sua casa, uma vez que mais do que um elemento de decoração, representa um ecossistema com diferentes peixes do qual terá de cuidar.


Escolher peixes para um mesmo aquário é uma decisão que envolve uma grande responsabilidade dado que dela poderá depender a qualidade do ambiente criado, bem como a própria sobrevivência dos peixes.


Os peixes que vivem bem juntos têm caraterísticas e necessidades semelhantes, o que lhe facilitará a manutenção do seu aquário, contudo, independentemente disso, deve sempre assegurar um aquário espaçoso ao seus peixes.


É fundamental saber como deve escolher as espécies para o aquário e, por isso mesmo, apresentamos-lhe algumas dicas:


  • ESCOLHA PEIXES DE TAMANHOS SEMELHANTES

É comum os peixes maiores perseguirem os peixes mais pequenos. Deve procurar que os peixes cresçam ao mesmo ritmo e possam alcançar a maturidade e tamanho adulto em simultâneo.

  • PROCURE ESPÉCIES COM HÁBITOS ALIMENTARES PARECIDOS


Há peixes que comem tudo o que veem, nomeadamente outros peixes. Por outro lado, outras espécies são mais tímidas e recusam-se a comer se forem incomodadas. Não deve, por exemplo, juntar peixes carnívoros com herbívoros.



  • MANTENHA O EQUILÍBRIO ENTRE MACHOS E FÊMEAS

Determinados peixes alteram o seu comportamento com base no sexo dos seus companheiros. Deve informar-se se os peixes que pretende juntar convivem melhor com outros peixes do mesmo sexo ou do sexo oposto. Esta informação também é relevante para o caso de pretender controlar a reprodução destes animais.

  • DÊ PREFERÊNCIA A PEIXES COM O MESMO RITMO

Compare o ritmo dos movimentos dos seus peixes. Deve sempre evitar ter peixes mais rápidos que possam perseguir outros mais lentos.


  • REPARE NA SUA DEPENDÊNCIA DAS ALGAS

Há espécies que se alimentam de algas quando não encontram outro tipo de comida e, quando não as encontram, podem ficar mais agressivos e colocar em perigos os restantes peixes do teu aquário. Para evitar a agressividade entre os seus peixes também não deverá juntar os mais ativos com outros mais tranquilos.


  • SELECIONE ANIMAIS QUE VIVAM A TEMPERATURAS SEMELHANTES

Ao selecionar animais que necessitem de temperaturas semelhantes para viver, além de evitar sofrimento dos seus peixes estará a prevenir comportamentos agressivos. Os peixes apenas suportam, sem dor e consequentemente sem alterações comportamentais, um intervalo de temperatura de poucos graus. A título de exemplo, uma espécie tropical não consegue conviver ao lado de uma de águas frias.


  • OFEREÇA ESCONDERIJOS