Dar banho a gatos faz mal?


Se é amante de felinos ou tem um felino em casa, de certeza que já alguma vez se perguntou se dar banho a gatos faz mal ou não e, se é realmente necessário fazê-lo.


A crença de que os gatos não gostam de água e de eles próprios passarem o dia a lamber-se e, por isso não precisam de banhos não é verdadeiramente certa.

A verdade é que tudo depende de vários fatores, como se o habitou desde pequeno, se teve uma experiência negativa com a água ou se realmente precisamos de o limpar por algum motivo em concreto, entre outros.


É preciso dar banho a um gato?


A resposta a esta pergunta depende de cada animal. Os veterinários dizem que não é realmente preciso dar banho a um gato se este estiver saudável e tiver com uma boa aparência, pelo menos, não de forma frequente apenas quando for realmente necessário, pois se dermos banho com frequência ao nosso felino, é possível que ele perca os óleos essenciais que o seu pelo contém e que lhe proporcionemos uma experiência traumática. Por isso, dar banho a um gato é bom se ele precisar. Além disso, os felinos são um dos animais mais higiénicos que existem, uma vez que passam a maior parte do tempo se higienizando passando a sua língua por todo o corpo, por isso se o seu gato tem o pelo curto e é interior, com uma boa escovadela regular quase sempre será suficiente.


De certeza que já ouviu mais de uma vez que os gatos odeiam água, mas esta afirmação não é bem verdadeira, pois é tudo uma questão de os habituar. Tal como acontece com outros animais, você pode educar um gato desde pequeno e habituá-lo ao banho e a ter contacto com a água, para isso o ideal seria começar a dar-lhe banho a partir dos 2 ou 3 meses de idade, que é quando já têm as vacinas e estão em plena fase de socialização, para não adoecer e aprender que a água não é "má". Se tiver que habituar um gato adulto ao banho será muito mais complicado.


Além disso, também existem algumas raças de felinos que gostam de água como o gato Bengal que não tem nenhum problema em brincar com a água e é um excelente nadador. Mas claro que, destas raças apenas há algumas excepções. No entanto, é possível habituar um gato ao banho em casa sem sair correndo e sem ter uma experiência negativa.


Quando dar banho a um gato?


Tenha ou não habituado o gato ao banho, existem algumas situações excepcionais nas quais pode ser necessário dar banho a um gato:


  • Se acolheu um gato de rua filhote ou adulto e está sujo.

  • Se o seu gato sofre de alguma alergia ou tem alguma infecção na pele.

  • Se o seu felino sofreu de um golpe de calor ou se está simplesmente muito calor no ambiente.

  • Se o seu felino tem o pelo comprido ou semi-longo e não pode desembaraçá-lo com uma escova ou tem a pele oleosa.

  • Se o seu gato tem pulgas e tem de as eliminar com um champô especial.

  • Se o seu gato tem micose que afeta o pelo, a pele e as unhas.

  • Se o seu felino se sujou com algum produto, sobretudo se é químico ou tóxico, que não se possa tirar e/ou com a ajuda de toalhinhas húmidas.

  • Se o seu felino deixou de se higienizar por algum motivo.

Apenas nestes casos será realmente necessário dar banho a um gato, caso contrário será necessário a sua higiene diária, escovações mais ou menos regulares dependendo do tipo de pelo que tiver, uso de toalhinhas húmidas embebidas em champô secos específicos para respeitar o ph da pele dos gatos para tirar determinados restos de sujidade sem chegar a dar-lhe um banho.


Conselhos para dar banho a um gato


Antes de dar banho a um gato é importante ter em conta uma série de coisas que é melhor seguir para tornar a experiência o mais agradável possível.


O primeiro banho dos gatos é sempre o pior porque é tudo desconhecido para eles e não sabem o que os espera nesse momento, por isso é muito importante que nós estejamos calmos, sejamos pacientes e não façamos barulhos bruscos nem aumentemos o tom de voz ao falar, para não alterar ou deixar o gato mais nervoso. Deve acariciá-lo e tratá-lo com muito carinho nesse momento.


Também será melhor pedir ajuda a alguém familiar para o seu felino para o ajudar a dar-lhe banho e a segurar nele, se for necessário. Além disso, tente encher a banheira ou recipiente que for usar com água morna antes de colocar o seu gato nela, pois o barulho da água saindo pela torneira pode deixar o seu felino mais nervoso e até agressivo. Além disso, também pode colocar uma toalha no fundo da banheira, para o caso de querer arranhar com as suas unhas.


Utilize um champô específico para gatos para não prejudicar a pele nem o pelo do seu pet e dê-lhe banho de forma suave, tentando não tocar toda a zona da cabeça nem se aproximando muito dele para não o arranhar no rosto. Uma vez que o tenha ensaboado e enxaguado bem, seque-o bem com uma toalha, de maneira a tirar o máximo de humidade possível. Se acha que o seu gato vai tolerar bem o barulho do secador, então coloque-o a uma temperatura baixa e numa potência média e comece a secar-lhe o pelo a uma distância prudente.


Quanto mais cedo o fizer e quantas mais vezes der um banho ao seu gato, mais chances tem dele acabar por gostar da experiência e ser mais fácil para todos, por isso não tenha medo e deixe-se de se perguntar se dar banho a um gato faz mal ou não, porque depende de muitos fatores.



https://www.peritoanimal.com.br


147 visualizações

© 2020 Cooagrical 

CONTACTOS

Sede:    

Rua da Palmeira, nº9

Cruz Armada -Imaginário

2500 - 292 Caldas da Rainha

Tel: 262 830 250

 

Loja:

Rua do Sacramento, nº 12

2500-182 Caldas da Rainha

Tel: 262 842 145

Email:

geral.cooagrical@gmail.com

  • Facebook Social Icon
  • Instagram
SIGA-NOS EM